sexta-feira, 14 de julho de 2006

Também preferia ter estado na praia...

Este excerto vinha hoje no Diário de Notícias e relata uma entrevista feita a um aluno depois de este ver as notas que tinha obtido nos exames nacionais. Vai ser mais um a dar graças ao facilitismo na criação de cursos no ensino superior privado...

"Tive 3 valores a Química", afirma Diogo Matias, já com alguma tristeza no olhar. Quando viu os resultados na pauta não conseguiu esconder a apatia. "Aquilo em que mais investimos não saiu." O aluno alega ainda que o exame estava mal feito. "Saiu matéria pouco importante", declarou, desolado. Diogo teve nota final 10, mas mostra-se inconformado com o facto de não ter saído a matéria que foi mais trabalhada durante o ano. Para ele, a catástrofe não atingiu apenas esta disciplina. "Tive 2 valores a Matemática e 6 a Biologia." O exame de Matemática era muito extenso, diz, justificando desta forma o desastroso resultado.Quando questionado em relação ao seu futuro académico, afirma que " talvez vá para uma universidade privada tirar veterinária", alegando não ter a média necessária para entrar no ensino público.

Vê-se claramente que este é um candidato perfeito para ingressar num curso, que não deixa de ser de medicina e que, como tal, requer uma capacidade de estudo brutal. A parte que me deixa mais espantado (ou não...) é o facto da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) permitir realmente e sem qualquer tipo de contestação a abertura de novos cursos de veterinária (quer públicos quer privados) face à enorme dificuldade que os recém-licenciados têm a arranjar emprego. Pior do que isso é saber que os alunos do privado, que julgando por este futuro colega não devem ser propriamente a nata dos estudantes, podem ingressar na OMV sem ter de realizar qualquer tipo de exame a atestar as suas capacidades como Veterinários!
Dizem que o cliente tem sempre razão, por isso o melhor é começar a escrever à porta das clínicas: "Licenciado pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa. Em oposição ao meu colega da Privada eu resolvi estudar, por isso em vez de um 3 tive um 19,8 a Química. Decida você em quem quer depositar a sua confiança para tratar do seu animal!"


5 Comments:

Blogger gAnDaMaLuKo said...

19,8... caganda aldrabice (ou caganeirice.. é de certeza uma das duas). Eu nem precisei de fazer o exame final de Química, e deu para tirar o curso de Veterinária (que diga-se de passagem, dá para ser feito "com uma perna às costas"), visto que o meu tio é amigo do porteiro da discoteca onde a afilhada da filha do melhor amigo do jardineiro do Bastonário faz strip no varão (não confundir com "no Verão").
P.S.: também não pago quotas!.. (ainda)

10:03 da manhã  
Blogger Mike said...

Vá eu admito, na verdade foi 1,98. Sabes, é que como o Diogo Matias, eu também tive 2 a Matemática e por isso não sou grande coisa nisto das casas décimais. Era parte da matéria que eu não considerei muito importante...
E quanto a aldrabices é melhor não abrires o bico!

8:20 da tarde  
Anonymous cliente said...

19,8 a Q U I M I C A!!!!
UAU, es o meu heroi.
é claro q vou confiar mais em ti p me roubar 50 euros na vacina do cao, do q no outro menino! afinal, 19.8 em quimica ajuda em tudo a espetar uma seringa no bichinho.

4:04 da manhã  
Blogger Mike said...

Infelizmente, parece-me que o outro menino não terá mais inteligência do que a que é necessária para dar uma vacina a um cão (isto se ele não se baralhar com os rótulos e não injectar o cãozinho com Eutasil).
Já agora gostava de saber se também reclamas quando vais ao médico e pagas 15 contos pela consulta. Depois ele manda-te ir à farmácia, largar mais 5 contos para comprar uma injecção para a senhora do posto médico ta espetar no cú (com sorte pagas apenas uma pequena taxa no posto médico pelo serviço).
Quanto aos 50 eur da vacina só tenho uma palavrinha a dizer: PATO!

7:55 da tarde  
Anonymous Inês said...

Yap.... 50 euros pela vacina, desculpa dizer mas és um bocado chulado!!! Quem o diz é uma veterinária que exerce clínica!

2:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home